Nova taxa Detran: O que é, preços

Agora o Detran está cobrando uma taxa conhecida como Inspeção Veicular Ambiental que poucas pessoas conhecem, mas ela só funciona em alguns estados como no caso do estado do Tocantins que tem mais de 600 mil automóveis. Essa nova multa tem por objetivo controlar a emissão de gases poluentes e ruídos sonoros e ela foi determinada pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente, também conhecido como Conama. Para quem deseja saber mais sobre a nova taxa detran, trouxemos algumas informações abaixo que podem contribuir para fins de esclarecimento.

Nova Taxa Detran

O que é a nova taxa Detran

O Departamento de Trânsito do Tocantins(Detran) está cobrando uma taxa conhecida como Inspeção veicular Ambiental e que entrou em vigor nesta semana do dia 09 de maio. A cobrança para essa taxa pode variar entre 124 reais e 237 reais e é algo que será obrigatório e deverá ser paga todos os anos a partir do segundo licenciamento de cada veiculo. Esse dinheiro será pago a uma empresa que é terceirizada e a mesma ficará com 80% do valor que está sendo arrecadado.

Essa taxa causou indignação em muitas pessoas, pois as mesmas não se conformam em ter que pagar um valor relativamente alto por algo que não se justifica. De acordo com Luís Carlos Vieira, dono da empresa Oxigênio que recebe as taxas de Inspeção Veicular Ambiental: “O percentual que está estabelecido é de 10% para o Detran, 10% para a Semarh [Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos], do faturamento bruto. E os 80% para a empresa”.

Detran 3

Essa nova multa ou taxa conhecida como inspeção Ambiental servirá para medir as emissões de gás carbônico e outros poluentes no ar. Se a quantidade ficar acima do limite permitido, o veículo é reprovado. Neste primeiro ano, segundo a empresa, será feito apenas um trabalho educativo, ou seja, nesse primeiro ano, os condutores que tiverem o seu veiculo reprovado pela inspeção Ambiental, ainda sim receberão o documento normalmente, porém a partir do segundo ano em que a taxa estiver me vigor, o condutor terá trinta dias para fazer a manutenção do veiculo e voltar para a inspeção sem ter custos para fazer a inspeção novamente.

Como já dissemos, os condutores estão revoltados e as criticas e perguntas que se ouvem são: “Como o cidadão vai conseguir andar em dias com a lei? Essa taxa, já que é ambiental, que apresentem um projeto para a sociedade. Para onde vai esse dinheiro? Porque pelo menos 50% teria que ser investido para um projeto ambiental”, disse uma condutora do estado do Tocantins.

Detran

Ainda não temos novas informações sobre essa lei, sobre a cobrança da nova taxa, nem sabemos se ela passará a ser cobrada também em outros estados, mas para quem desejar, poderá acessar o site do G1 http://g1.globo.com/to/tocantins/noticia/2016/05/empresa-fica-com-80-de-nova-taxa-cobrada-para-licenciar-veiculos-no.html e manter-se informado.