Quando trocar cadeirinha pelo assento de elevação

Aos papais e mamães de plantão, um assunto muito importante e que é muito questionado é quando trocar a cadeirinha pelo assento de elevação das crianças e ao mesmo tempo, como evitar que nossas crianças corram algum risco em caso de irregularidades. Afinal, o que vale mais no momento da troca do assento no carro, a idade da criança, o peso ou a altura?

Quando trocar cadeirinha pelo assento de elevação

Quando trocar cadeirinha pelo assento de elevação

Segundo especialistas e para o Inmetro, além de todas as exigências, o conforto da criança deve vir sempre em primeiro lugar.

Regras e Exigências

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) se baseia nas idades para classificar o período em que as crianças devem utilizar determinado aparelho no carro:

  • crianças de até 1 ano devem usar o bebê conforto e de costas para o banco do passageiro;
  • de 1 a 4 anos a cadeirinha deve ser usada;
  • crianças de 4 a 7 anos e meio devem usar a cadeirinha;
  • só é indicado andar no banco de trás, com o cinto de segurança, crianças de 7 anos e meio a 10 anos com altura mínima de 1,45 m.

Dados do Inmetro

No caso do Inmetro, a classificação foi feita com base na altura e peso dos usuários:

  1. grupo 0: composto por crianças de até 10 kg, 0,72 m de altura e com 9 meses;
  2. grupo 0+: composto por crianças de até 13kg, 0,80 m de altura e com 12 meses;
  3. grupo 1: composto por crianças de 9 kg a 18 kg, 1 m de altura e com 2 anos e 8 meses;
  4. grupo 2: composto por crianças de 15 kg a 25 kg, 1,15 m de altura e com 5 anos;
  5. grupo 3: composto por crianças de 22 kg a 36 kg, 1,30 m de altura e com 7 anos e meio.

Especialistas ressaltam que as classificações são mundiais e que o bom senso e observação dos pais são fatores importantíssimos, pois se a criança ainda está confortável em um dispositivo, pode permanecer no mesmo, e complementam afirmando que a melhor maneira de escolher uma cadeirinha ou assento é levando a criança na loja para testar o produto.

Mudança do bebê conforto para a cadeirinha

Bebês recém nascidos possuem uma composição corporal singular e por isso merecem maior atenção no momento da escolha do bebê conforto, no entanto, o desenvolvimento de cada um é único e crianças de 4 meses que já estão maiores podem passar para a cadeirinha, desde que estejam com a estrutura corporal mais firme. Se a criança está grande demais para o bebê conforto já pode mudar para a cadeirinha, afirmam especialistas.

Mudança do assento para o cinto de segurança

No momento de decidir se a criança deve dispensar o uso do assento, a altura se torna um fator fundamental, independente do peso, crianças com altura menor a 1,45 m não podem apenas sentar no banco de trás com o cinto de segurança. Isso acontece, pois o cinto de 3 pontos, que passa pelo peito, deve estar posicionado confortavelmente para a criança.

Já no caso de carros mais antigos, o Contran permitiu que crianças a partir de 4 anos dispensem o uso da cadeirinha.